segunda-feira, 1 de junho de 2009



“Eu gostaria de ser assim firme, homogênea, uniforme, mas sou derretida, malemolente, líquida, o que você toca é a parte de mim que mente.”
Rosemeri Sirnes

2 comentários:

Eurico disse...

Saudações poéticas. Quero te encontrar bem, e que a brisa benfazeja te sopre, melodiosa. Pacem et bene!

fernando disse...

Rose sem exagero,seu texto soa como um relâmpago, breve mas imponente, assemelhando aos breves mas profundos poemas da Emily Dickinson.